Ao Vivo I

1998

Escolha a música e ouça o sucesso!


Ficha Técnica do Disco: 

Título: Ao Vivo I
Ano: 1998
Direção Artística: Miguel Plopschi
Coordenação de Produção: Daml Beloti
Produção Musical: Jailton Dantas
Produção Musical faixa "Meu jeito de querer": Chico Roque
Produção Executiva: Alberto Alcântara da Silva, Jailton Dantas e Moby Pacheco
Arranjos para BAMDAMEL: Jackson Dantas e Clovis Novaes
Arranjo e Violão faixa "Meu jeito de querer": Jorge Cardoso
Concepção Rítmica: Wilson Pingüim e Roque Wilson
Técnico de PA: Cl;áudio Paiva
Técnico de Palco: Benito
Produto do Show
Ao Vivo:
Jaime Elesbão
Assistente de Produção: Américo Diniz
Luz e Cenário: Tuca Santos
Contra Regra: Marquinhos e Roque
Design Gráfico: Cacau Lopes
Show gravado na CASA DE SHOW AUGUSTU´S – Aracaju/SE.
Bamdamel é:

Baixo: Jailton Dantas
Guitarra: Gutto Guittar
Percussão: Dito Régis
Vocais: Joka Barreto e Alobened Airam
Músicos Convidados:
Bateria: Wilson Pingüim e Cesinha
Teclados: Clovis Novaes
Percussão / Surdos: Roque Wilson e Cosminho
Violão, Guitarra, Bandolim: Jackson Dantas
Sax: Sérgio Galvão
Sax Alto: Zé Canuto
Acordeon: Chiquinho Chagas
Trombone: Zeca do Trombone
Trompete: Dum Dum
Beck Vocais: Jaciara Dantas, Janete Dantas e Moby Pacheco

Supervisão Geral: ALBERTO ALCANTARA DA SILVA

Bateu Saudade

FAIXA 1

Autores: Dito e Jorge Zaráth (Ed. Direto)

Intérprete: Alobened Airam



Jura, jura
Quê me dá o seu amor
Quê me dá o seu amor
Quê me dá, quê me dá
Quê me dá, quê me dá
Quê me dá, quê me dá
Tum tum tum bateu
Tum tum tum bateu
Tum tum tum bateu
A saudade bateu que doeu

Jura, jura
Quê me dá o seu amor
Quê me dá o seu amor
Quê me dá, quê me dá
Quê me dá, quê me dá
Quê me dá, quê me dá
O teu beijo tem o gosto da verdade
O teu beijo foi prá mim felicidade
Não consigo te esquecer
Não aguento mais sofrer
Sem você eu morro de saudade


Cerveja

FAIXA 2

Autores: Fredson e Tonho Copque (Ed Sony Music))

Intérprete: Joka Barreto



To com sede, mas não quero água
Quero uma cerveja boa e gelada
Pode estar na lata ou na garrafa
Pode estar no copo ou no garrafão
Pode estar no cantil ou na taça
Se tiver gelada eu passo a mão
Pode estar aberta ou fechada
Pode ser inverno ou qualquer estação
Pode ser dia, noite, madrugada
Pode estar fumaça que eu bebo sem perdão

To com sede, mas não quero água
Quero uma cerveja boa e gelada
Se eu tomo uma não me satisfaz
E na boca um sabor de quero mais
O calor aumentando, eu não fico em paz
E o suor escorrendo, eu quero mais
To com sede, mas não quero água
Quero uma cerveja boa e gelada


Crença e Fé

FAIXA 3

Autores: Beto Jamaica e Ademário (Ed Latino)

Intérprete: Alobened Airam



Vou dar a volta no mundo eu vou
Vou ver o mundo girar
Mas eu só saio daqui
Quando o Coral negro passar
Essa visão do mundo
Permanece ainda
Não modificou
O que nÃO se comenta
O que a razão alenta
O que não se cantou
O Ilê Ayê começa onde termina
O ponto de eclosão total
Onde não se divide
E nem se discrimina
É mais um carnaval
E diga yes, diga yes
Sou Negão
E diga yes, diga yes
Sou Negão
Sim, sim, sim, sim

O negro não desiste
Ele só persiste em sobreviver
Pela sua história
Em sua memória
O que lhe faz crescer
O Ilê Ayê define toda sua crença
A nos motivar
E dentro da ciência
Só com paciência
Venha comemorar
Ê ê ê ê ê ê
A galera chega em cima
E grita o que?
ôba
E diga yes, diga yes
Sou Negão
E diga yes, diga yes
Sou Negão
Sim, sim, sim, sim


Protesto do Olodum – E Lá Vou Eu

FAIXA 4

Autor: Tatau (Ed Sony Music)

Intérprete: Joka Barreto



Força e pudor, Liberdade ao povo do pelô
Mãe que é mãe no parto sente dor, e lá vou eu, oh!
Força e pudor, Liberdade ao povo do Pelô
Mãe que é mãe no parto sente dor, E lá vou eu
Declara a nação, Pelourinho contra a prostituição
Faz protesto, manifestação, E lá vou eu
AIDS se expandiu, E o terror já domina o Brasil
Faz denúncia Olodum Pelourinho, E lá vou eu
Brasil liderança, Força e elite na poluição
Em destaque o terror, Cubatão, e lá vou eu, Oh!
Ioioio, lalalala....

Lá e cá Nordestópia, Na Bahia existe Etiópia
Pro nordeste o país vira as costas, e lá vou eu
Moçambique, hei, por minuto um homem vai morrer
Sem ter pão nem água pra beber, e lá vou eu
Mas somos capazes, o nosso Deus a verdade nos trás
Monumento da força e da paz, e lá vou eu, oh
Ioioio, lalalala
Desmound Tutu, contra o apartaid a África do Sul,
Vem saudando o Nelson Mandela, o Olodum, ioioio...


Em Você Tudo É Lindo
FAIXA 5

Autores: Carlos Colla e Reinaldo Anas (Ed BMG Arabella)

Intérprete: Alobened Airam



Menino
Me leva pra teu brinquedo
Não me deixe sozinha
Não vê que assim vou morrer de desejo
Preciso demais do teu beijo
E provar teu carinho
Menino
Balança esse corpo gostoso
Provoca e me deixa nervosa
Eu to pegando fogo
Depois que eu te vi
Eu perdi o sossego
Preciso fazer um chamego
Pra embalar esse jogo

Em você tudo e lindo
Preciso te tocar
Eu quero te amar
Quero ver teu sorriso
E ter você assim
Agarradinho em mim
Meu coração não agüenta mais
To pedindo uma chance
{Pra ser seu amor
Essa paixão ta forte demais
Vem sorrindo
Me devora com o teu calor.


Faraó Divindade do Egito

FAIXA 6

Autor: Luciano Gomes dos Santos (Ed Stalo)

Intérprete: Alobened Airam



Deuses
Divindade infinita do universo
Predominante
Esquina mitológica
A ênfase do espírito original
Exu
Formará
Do Éden um novo cósmico
A emersão
Nem Osíris sabe como aconteceu
A emersão
Nem Osíris sabe como aconteceu
A ordem ou submissão
Do olho seu
Transformou-se
Na verdadeira humanidade
Epopéia
Do código de Gerbi
Eu falei Nuti
E Nuti
Gerou as estrelas
Osíris
Proclamou matrimônio com Isis
E o Morsede
Hiradu assassinou
Impera-ar
Horus levando avante
A vingança do pai
Derrotando o império do Morsede
Ao grito da vitória
Que nos satisfaz
Cadê?
Tutacamom
Hei Gize
Acainaton

Hei Gize
Acainaton
Tutacamom
Hei Gize
Eu falei Faraó
Êeeee faraó
Eu clamo Olodum Pelourinho
Êeeee faraó
É pirâmide da paz e do Egito
Êeeee faraó
É eu clamo Olodum Pelourinho
Êeeee faraó

É que mara mara
Maravilha ê
Egito Egito ê
Egito Egito ê
É que mara mara
Maravilha ê
Egito Egito ê
Egito Egito ê
Faraó ó ó ó ó
Faraó ó ó ó ó
Hum Pelourinho
Uma pequena comunidade
Que, porém Olodum um dia
Em laço de confraternidade
Despertai-vos para
Cultura Egípcia no Brasil
Em vez de cabelos trançados
Veremos turbantes de Tucamom
E nas cabeças
Enchei-se de liberdade
O povo negro pede igualdade
Deixando de lado as separações
Cadê?
Tutacamom
Hei Gize
Acainaton
Hei Gize
Acainaton

Tutacamom
Hei Gize
Eu falei Faraó
Êeeee faraó
Eu clamo Olodum Pelourinho
Êeeee faraó
É pirâmide da paz e do Egito
Êeeee faraó
É eu clamo Olodum Pelourinho
Êeeee faraó
É que mara mara
Maravilha ê
Egito Egito ê
Egito Egito ê
É que mara mara
Maravilha ê
Egito Egito ê
Egito Egito ê
Faraó ó ó ó ó
Faraó ó ó ó ó


Festa na Bahia

FAIXA 7

Autores: Fredson e Tonho Copque (Ed Sony Music)

Intérprete: Joka Barreto



Na Bahia tudo é motivo de alegria
É carnaval, é festa todo dia
Me espera um pouco
Eu to chegando já
Eu quero ver Caetano e Gil
Cantarolando na avenida
Atrás do trio, a galera se identifica
Me espere um pouco
Eu to chegando lá
Eu vou lá
Vou lá, vou lá
Vou lá, vou lá
Vou lá, vou lá

Deixei minha linda
Na praia de Itapuã
Esperando o sol se abrir
Pra dourar seu corpo nu
São Salvador
Eu quero te abraçar de novo
Eu quero te sentir nesse gozo
Que emana dentro do coração
Vou lá, vou lá
Vou lá, vou lá
Vou lá, vou lá


Meu Jeito de Querer

FAIXA 8

Autores: Chico Roque e Sergio Caetano (Ed EMI/Sony Music)

Intérprete: Joka Barreto



Se eu quiser amor ele me faz
Se eu quiser de novo, tenho mais
Quem tiver alguém assim, igual a mi'm
Não pode deixar jamais
Ele tem meu jeito de querer
De fantasiar nosso prazer
Eu sou louca, mas feliz
E sempre quis amar e me perder

Sabe quando o fogo da paixão
Sai queimando o corpo e o coração?
E como se precisa conseguir
Terminar as forças e depois poder dormir
E te amar no sonho outra vez
Todos os desejos que me fez
E porque nos somos na verdade
O pecado contra a lucidez
E te amar de novo já nem sei
Foram quantos que te dei
E nos entregamos com vontade
Eu te amo como nunca amei


Pout Pourry (Samba)

FAIXA 9

Bom Bocado

Autor: Leando Lejart (Ed. Direto)



Ai ai ai ai ai
Como um bom bocado
Pra te devorar
Tim dim dim dim
Como um brigadeiro
Pra te lambuzar
Tim dim dim dim

Bota a mão no bolo
Pra comemorar
Pra te comemorar
Pra te comemorar
Danço o miudinho
Pra te conquistar
Tim dim dim dim


Pimpolho

Autor: Leando Lejart (Ed. Qarner/Chappell)



Pimpolho é um cara bem legal
Pena que não pode ver mulher
Na dança ele já pede pra abaixar
Já pede pra abaixar

Ela quer parar
Ele não quer
Ela ta dançando
E o pimpolho ta de olho
Cuidado com a cabeça
Do pimpolho


Dança da Vassoura

Autores: Anderson Leonardo e Delcio Luiz (Ed. Warner/Chappell)



Diga aonde você vai
Que eu varrendo
Diga aonde você vai
Que eu vou varrendo
Eu vou varrendo
Vou varrendo
Vou varrendo
Vou varrendo
Vou varrendo

Ô menininha eu sou seu fã
Danço contigo ate de manha
A dança da bruxinha
Dança preta, dança loira
Agora todo mundo
Na dancinha da vassoura


Prefixo de Verão

FAIXA 10

Autor: Beto Silva (Ed Warner)

Intérprete: Joka Barreto



Ae, ae, ae, ae
Ei, ei, ei, ei
Oô, oô, oô, oô, oô, oô, o
Quando você chegar
Quando você chegar
Quando você chegar
Numa nova estação
Te espero no verão
Salve, Salvador
Me bato, me quebro tudo por amor

Eu sou do Pelô
O negro é raça é fruto do amor
Salve, Salvador
Me bato, me quebro tudo por amor
Eu sou do Pelô


Que Dure Para Sempre
FAIXA 11

Autor: Peninha (Ed. Peermusic)

Intérprete: Joka Barreto



Você esta ai sozinha
Eu também estou sozinho
Então vamos juntar
Quem sabe entre um sorriso e outro
A gente se afine
E começa a dançar
Você está muito carente
Eu já não agüento tanta solidão
Eu preciso carregar
A pilha do meu coração
Nos dois não temos rabo preso
Você não me cobra nada
Eu não cobro você
Podemos ser a gente mesmo

Nos não precisamos
Sorrir sem querer
Estou vindo de um amor doente
Cheio de ciúmes e lamentação
Eu preciso carregar a pilha
Do meu coração
Que seja eterno enquanto dure
Esse amor
Que dure para sempre
Que venha abençoado por Deus
Que seja diferente
Que tenha alegria
E ponha fogo em mim
Quem é que não quer um amor assim?


Deboche do Passarinho

FAIXA 12

Autor: Jorge Taime

Intérprete: Joka Barreto



Me acorde me leva
Não sou brinquedo não tenha medo
não tenha dor
a luz dos meus olhos é uma luz tão forte
dourada nobre com a luz do sol
Eu hoje sou um passarinho
que foge do seu ninho
vem devagarzinho me ensinar a canção
mel do amor
Ôôô...ôooo..ôôô...
Bateu asas e voou..
Ôô..uu..ôô...
Meu sabiá, meu beija flor
Ôô..uu..ôô...
Bateu asas e voou..
Ôô..uu..ôô...
Meu sabiá, meu beija flor

Eu hoje sou um passarinho
que foge do seu ninho
vem devagarzinho me ensinar a canção
mel do amor
Ôôô...ôooo..ôôô...
Bateu asas e voou..
Ôô..uu..ôô...
Meu sabiá, meu beija flor
Ôô..uu..ôô...
Bateu asas e voou..
Ôô..uu..ôô...
Meu sabiá, meu beija flor


Quero Você

FAIXA 13

Autores: Evany e Jailton Dantas

Intérprete: Joka Barreto



Quero você
Mais do que tudo
Quero te ver
És o meu mundo
Meu bem querer
Como eu amo você
Vem me amar
Fazer denguinho
Me ecita
Com seu jeitinho
Deixa rolar
Tudo é festa
E prazer

Me leva com você
Pra ver o mar
O sol raiar
E a noite cair
Me leva com você
Quero sonhar
Te namorar
E ser feliz
É no desejo desse beijo
Dessa sua boca
Que eu vou me acabar
E no sossego do aconchego
Desse seu carinho
Eu quero ficar...


Marcou Demais
FAIXA 14

Autores: Evany e Ilo Gomes

Intérprete: Alobened Airam



Foi a luz do teu olhar
Que acendeu o meu desejo
De amar, amar, amar
Sem mistério e sem medo
Foi o beijo dos teus lábios
Que deu gosto a sedução
De beijar, beijar, beijar
Bateu forte o coração
Me beija
Eu faço tudo por você
Que seja
Só um momento de prazer
Riqueza
É viver um romance assim...
Te amar,amar, amar
Viver todo esse amor
Beijar, beijar
Sentir o teu calor...

O nosso lance
Nosso romance
Marcou demais
Ai,ai,ai,ai,ai,o amor
É bom demais...
Te amar,amar, amar
Viver todo esse amor
Beijar, beijar
Sentir o teu calor
Me beija
Eu faço tudo por você
Que seja
Só um momento de prazer
Riqueza
É viver um romance assim...


Pout Pourry (Sertanejo)

FAIXA 15

Baião de Peão

Autor: Maria da Pas-Nino



É bailão, é rodeio
Festa de peão
Também to no meio
É bailão, é rodeio
Festa de peão
Também to no meio
Uma sanfona puxando alegria
A noite inteira animando a gente
No arrasta – pé até raiar o dia
Vou de carona num abraço quente
Bebericando, molhando as palavras
Pra refrescar a brasa do desejo

Na brincadeira pode dar romance
Se a moça der chance
Eu sapeco um beijo
É bailão, é rodeio
Festa de peão
Também to no meio
É bailão, é rodeio
Festa de peão
Também to no meio


Eu Me Amarrei

Autor: Waldir Luz-Tivas



Eu me amarrei
eu me amarrei
eu me amarrei
no seu coração
eu me amarrei
eu me amarrei
eu me amarrei
tô amarrado
nessa paixão

ela me agarra
num chamego tão gostoso
e o meu corpo pega fogo
é demais essa mulher
chora a sanfona
e eu aqui grudado nela
a noite inteira um rela-rela
e é isso que ela quer


Pão de Mel

Autores: Zezé di Camargo



Você é minha luz
Estrada meu caminho
Sem você não sei andar sozinho
Sou tão dependente de você
Chama que alimenta
O fogo da paixão
Chuva que molhou meu coração
Sou tão dependente de você...
Vem meu céu
Meu Pão de Mel
Meu bem querer!
Vem meu céu
Meu Pão de Mel
Meu bem querer!

Ai, ai, ai, ai, ai, ai
Esse amor!
É bom demais
Ai, ai, ai, ai, ai, ai
Esse amor!
Marcou demais
(Demais! Demais!)
Ai, ai, ai, ai, ai, ai
Esse amor!
Ficou em mim
Ai, ai, ai, ai, ai, ai
Esse amor!
Não vai ter fim...


Festa de Rodeio

Autores: César Augusto e Reinaldo-César Rossini



Em festa de rodeio , não dá pra ficar parado,
Tem cowboy e boiadeiro e mulher pra todo lado
Em festa de rodeio, coração atravessado
Eu sou um peão no meio, desse povo apaixonado
Ei ei ei, companheiro!
Quem quizer ser o primeiro
Tem que ter o braço forte

Ei ei ei, companheiro!
Tem que ser bom violeiro
E também contar com a sorte
Quem sabe até ganhar um beijo doce
Da rainha do rodeio!